qui. abr 15th, 2021

Essa manhã comecei a pensar sobre algumas atitudes que tive ano passado, e percebi que não tenho motivos para pedir mais de Deus em certas áreas, se não passar a usar o que já tenho em mãos.

Um exemplo simples: quero muito fazer um curso de idiomas bem caro (para minhas condições atuais), mas semanalmente recebo aulas gratuitas dessa plataforma e de todas as mais de 20 aulas que já recebi, fiz apenas uma!

Agora pensa comigo, quando você recebe o pedido de alguém por algo maior, não analisa o que essa pessoa faz com o que tem nas mãos hoje? Antes de distribuir presentes, não presta atenção em quem vai receber e como tais presentes serão utilizados?Pois bem, enquanto pensava em pedir a Deus a oportunidade de começar o curso tão sonhado, me dei conta de que nem aproveito o que já tenho, portanto, seria improvável receber tal coisa, a menos que minha atitude começasse a mudar.

Essa questão bem pequena me fez pensar na vida como um todo, e por isso aqui estou para te fazer refletir a respeito. Será que assim como eu, você tem pedido coisas maiores e se esquecido de valorizar as pequenas? Será que você poderia estar em outros níveis se largasse a preguiça e se dedicasse mais? Será que algumas coisas poderiam chegar mais depressa, se você parasse de encontrar dificuldades e se abrisse para as oportunidades que tem agora?

Somos falhos sim, estamos todos sujeitos a escorregar de vez em quando, mas aqui estamos, se percebendo, se analisando e enxergando onde caímos. Esse é o momento perfeito para mudarmos a rota, recalcularmos o trajeto e nos alinharmos aos propósitos de Deus.

Viu que precisa repensar certas atitudes? Ok, faça isso e mude. O clichê “nada muda, se você não muda” é um dos mais verdadeiros, então se realmente está atrás de mudanças, comece mudando você mesmo. Comece se conhecendo, se corrigindo, se disciplinando. Deus tem muito reservado para cada um de nós, mas Ele só dá mais àqueles que não menosprezam o que já possuem.

Que Ele nos ajude, e que dezembro de 2021 traga muito mais realizações do que podemos imaginar agora. Sozinhos e distraídos só fazemos bobeira, mas focados e na companhia do Espírito Santo, tudo pode ser diferente.

Um ótimo ano a você, querido leitor.

Com amor,

Camila Cristine